A obra “Uma análise do verbo PODER do português brasileiro à luz da HPGS e do Léxico Gerativo”, da professora e vice-coordenadora do curso de Letras – Língua e Literatura Inglesa da UFAM, Vanessa Marruche , será lançada nesta sexta, às 19h, na Livraria Saraiva do Manauara Shopping.
IMG-20160310-WA0010[1]
A obra traz um rico estudo sobre o verbo PODER no português brasileiro, seus sentidos e contexto de utilização, além do estudo sobre o comportamento sintático e semântico do verbo.
“O livro é resultado da minha dissertação de mestrado que é sobre o verbo PODER, eu estudei a semântica e a sintaxe do verbo. Essa curiosidade surgiu quando eu era professora de cursinho de inglês, e quando chegava no momento de ensinar verbos modais, os alunos acabavam comparando com o português, e a gente não tinha muito esse parâmetro porque no português não é definido se DEVER e PODER são verbos modais ou se são auxiliares”, explicou.
 
Uma Análise do Verbo Poder do Português Brasileiro à Luz da HPSG e do Léxico Gerativo
A professora Vanessa Marruche utilizou a Teoria do Léxico Gerativo e HPSG (Head-Driven Phrase Structure Grammar – Gramática de Estruturas Sintagmáticas Orientadas pelo Núcleo) para estudar o verbo, e na sua obra ela diz que o verbo PODER tem apenas quatro sentidos, que são eles: possibilidade, permissão, capacidade e habilidade. E outros significados encontrados nos dicionários são derivações dos quatro sentidos citados. A professora também constata que o verbo PODER é um verbo auxiliar, e que ele pode, sim, ser verbo modal. O livro ainda traz importantes contribuições sobre fenômenos linguísticos do português como polissemia, auxiliaridade e modalidade, tornando-se referência para estudos linguísticos.
“Fica o convite para toda a comunidade universitária, não só aos alunos de letras porque é uma contribuição para a sociedade, já que somos todos falantes da língua portuguesa”, finalizou.

Pesquisa